Guia de Londres para brasileiros, escrito por uma brasileira

Não, ainda não escrevi meu guia de Londres. Quem lançou o seu recentemente foi a Helô Righetto, que mora na cidade há bons 6 anos. Recebi o guia dela, o Guia de Londres para iniciantes e iniciados, assim que foi lançado e já tô me achando a crítica literária. Vou vestir logo a carapuça então e contar minhas impressões.

Capa do Guia de Londres

Capa do Guia de Londres

A Helô tem autoridade como provedora de dicas, pois escreve sobre Londres no blog Aprendiz de Viajante. Por isso eu tinha uma expectativa alta antes mesmo de abrir o guia. E ao abrí-lo lá estão, super explicadinhos, todos os macetes para aproveitar ao máximo sua visita a Londres: das opções de transporte dos aeroportos ao centro da cidade, passando por hotéis recomendados de acordo com o tamanho do orçamento até o que colocar na mala, dependendo da estação.

Indice do guia

Indice do guia

O carro chefe do guia é o roteiro de 7 dias em Londres, que está super completo e organizado por áreas da cidade, o que ajuda a otimizar o tempo. E o que eu achei bacana é que ela inclui dicas de programas alternativos pelo caminho, para o caso de você já ter visto o básico, e de pubs recomendados, para quem quiser relaxar e tomar uma cervejinha durante o passeio. Vi várias coisas que estão aqui no blog, e outras tantas que ainda estou para escrever :)Caso você já conheça Londres, a autora sugere programas alternativos bem bacanas, assim como roteiros temáticos de um dia de acordo com os interesses do leitor, como arte, gastronomia e compras.

Guia de Londres para iniciados

Curti especialmente a seção “5 coisas para fazer em Londres no verão“. Afinal, se Londres é incrivel o ano inteiro, essa é a época (incluindo a primavera) em que os dias são mais longos e rendem mais, e os conselhos que ela dá valem a pena seguir. A Helô é amante da arte como eu e ainda por cima é designer, então ela tomou um cuidado especial com o visual do guia, que tem ilustrações feitas especialmente para ele. Eu tiro meu chapéu para o trabalho e dedicação dela, porque escrever um guia inteirinho com mais de 200 páginas não é mole, não, minha gente.

Ilustração da Tower Bridge no guia

Veredito: considero o guia uma excelente aquisição. Por ter sido escrito por uma brasileira, tem foco no nosso jeito de viajar e no que nos interessamos mais, o que você não encontra em guias estrangeiros traduzidos.

Caso você queira adquirir o guia da Helô em formato e-book, pode fazê-lo através desse link. Custa R$39,90 e a transação é feita online através do Paypal. Sou parceira comercial do Guia de Londres para iniciantes e iniciados, o que rende uma comissão sobre o valor de capa dos livros comprados através do blog. Se você curte ter o livrinho à mão como eu, aguarde: o guia impresso sai em breve. Aviso aqui quando estiver à venda.

Não, ainda não escrevi meu guia de Londres. Quem lançou o seu recentemente foi a Helô Righetto, que mora na cidade há bons 6 anos. Recebi o guia dela, o Guia de Londres para iniciantes e iniciados, assim que foi lançado e já tô me achando a crítica literária. Vou vestir logo a carapuça então e contar minhas impressões. Capa do Guia de Londres A Helô tem autoridade como provedora de dicas, pois escreve sobre Londres no blog Aprendiz de Viajante. Por isso eu tinha uma expectativa alta antes mesmo de abrir o guia. E ao abrí-lo lá estão, super explicadinhos, todos os macetes para aproveitar ao máximo sua visita a Londres: das opções de transporte dos aeroportos ao centro da cidade, passando por hotéis recomendados de acordo com o tamanho do orçamento até o que colocar na mala, dependendo da estação. Indice do guia O carro chefe do guia é o roteiro de 7 dias em Londres, que está super completo e organizado por áreas da cidade, o que ajuda a otimizar o tempo. E o que eu achei bacana é que ela inclui dicas de programas alternativos pelo caminho, para o caso de você já ter visto o básico, e de pubs recomendados, para quem quiser relaxar e tomar uma cervejinha durante o passeio. Vi várias coisas que estão aqui no blog, e outras tantas que ainda estou para escrever :)Caso você já conheça Londres, a autora sugere programas alternativos bem bacanas, assim como roteiros temáticos de um dia de acordo com os interesses do leitor, como arte, gastronomia e compras. Curti especialmente a seção "5 coisas para fazer em Londres no verão". Afinal, se Londres é incrivel o ano inteiro, essa é a época (incluindo a primavera) em que os dias são mais longos e rendem mais, e os conselhos que ela dá valem a pena seguir. A Helô é amante da arte como eu e ainda por cima é designer, então ela tomou um cuidado especial com o visual do guia, que tem ilustrações feitas especialmente para ele. Eu tiro meu chapéu para o trabalho e dedicação dela, porque escrever um guia inteirinho com mais de 200 páginas não é mole, não, minha gente. Ilustração da Tower Bridge no guia Veredito: considero o guia uma excelente aquisição. Por ter sido escrito por uma brasileira, tem foco no nosso jeito de viajar e no que nos interessamos mais, o que você não encontra em guias estrangeiros traduzidos. Caso você queira adquirir o guia da Helô em formato e-book, pode fazê-lo através desse link. Custa R$39,90 e a transação é feita online através do Paypal. Sou parceira comercial do Guia de Londres para iniciantes e iniciados, o que rende uma comissão sobre o valor de capa dos livros comprados através do blog. Se você curte ter o livrinho à mão como eu, aguarde: o guia impresso sai em breve. Aviso aqui quando estiver à venda.

Avalie este post

User Rating: Be the first one !
0

Tagged:


About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'Guia de Londres para brasileiros, escrito por uma brasileira' have 5 comments

  1. 05/03/2015 @ 5:47 pm Bruna Alves

    Ótimo o blog e as dicas sobre Londres. Vou conhecer a Inglaterra no próximo mês e ñ quero ficar apenas na capital. Que outras cidades próximas, vcs sugerem que eu visite? E seguro viagem? Alguém me indica uma boa empresa? Bjs

    Reply

  2. 09/03/2015 @ 11:33 am Ricardo Soares

    Qd estive na Inglaterra, peguei mtas dicas por aqui. O site é ótimo! Bruna, uma cidade que eu conheci no litoral da Inglaterra e que gostei bastante foi Brighton. Abç

    Reply

  3. 08/01/2016 @ 11:28 pm Maria Helena Cunha

    Pretendo estudar ingles em Londres por um mes (maio/16), gostaria de sugestões de escolas e se devo ficar em casa de família ou residências estudantis.
    Ja tem algum post sobre o assunto?

    Mto obg!

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011