Tudo sobre a maratona de Londres (parte 2)

Este é o segundo post da série sobre a maratona de Londres, escrito pela Tininha que vai corrê-la este domingo. Leia o primeiro aqui

Segundo a IAAF (a FIFA do atletismo), a cada ano até 30 maratonas no mundo recebem um “Selo de ouro” com base em critérios rigorosos de organização, percurso e cobertura de mídia, entre outros. Há também 6 provas no mundo que compõem o World Marathon Majours – o grand slam das maratonas. A maratona de Londres tem o selo de ouro e é uma das 6 provas do Majours.

Do inicio em 1981 e seus 8 mil participantes até o ano passado com mais de 700.000 espectadores nas ruas de Londres e 34,278 corredores completando a prova são 32 anos de um evento que atualmente é transmitido para mais de 150 países. O circuito passa por lugares emblemáticos como a catedral de St. Paul, Big Ben e o parlamento, Tower of London e Tower Bridge, terminando no Mall em frente ao palácio de Buckingham. A premiação total da maratona de Londres ultrapassa os R$700.000.

E aí, corredores de plantão, se animaram?

Mapa da Maratona (do site oficial)

A maratona começa em Greenwich e termina em frente ao Buckingham Palace

Como conseguir uma vaga na Maratona de Londres

Caso você não seja um atleta de elite, existem duas maneiras principais de conseguir uma vaga na maratona de Londres: a loteria (ballot) ou através de uma charity (ONG). Na primeira opção, você tem que ter sorte ou paciência, ou ambas. Em 2013 foram 125.000 inscritos na loteria (que esgotou as inscrições em 11 horas) para apenas 20% das 36.000 vagas que a prova comporta – é realmente preciso MUITA sorte!

Na segunda opção, que é a da charity, você tem a entrada garantida, mas também assina um compromisso com a instituição de arrecadar um valor mínimo (que não é baixo) para ela. No final das contas, são dois desafios – treinar para a corrida e conseguir atingir a meta de doações para a sua charity. Por isso realmente faz sentido correr por uma instituição em que você acredita, pois você vai ter que vender essa ideia pros amigos, colegas e conhecidos. Como contei no post anterior, estou correndo pela Anthony Nolan (veja o site da minha campanha de arrecadação!).

Treinando para a maratona de Londres

Vestindo a camisa da Anthony Nolan, literalmente!

Outras provas de corrida legais em Londres

Para os corredores menos experientes, existem várias provas de 10km e 5km acontecendo na maior parte do ano aqui em Londres, dando a oportunidade do visitante de ter a sensação de participar de uma corrida oficial por aqui. Uma prova que recomendo demais é o British 10km Run. O circuito é lindo, com as ruas do centro de Londres fechadas para a corrida. Ela acontece durante o verão e para se inscrever é só ir no site e pagar 50 libras, sem a obrigação de arrecadar dinheiro pra charity, mas claro que as charities agradecem caso você escolha uma e faça uma campanha online (é super fácil). Essa tinha sido a minha mais longa distância antes de encarar a maratona (sempre devagar e sem bater nenhum recorde).

A Cancer Research UK organiza a Race for Life (Corrida pela Vida) e tem mais de 300 eventos por ano no Reino Unido, desde corridas de 5km até circuitos na lama e outros desafios interessantes. Tudo super organizado, um astral maravilhoso e em nome de uma boa causa.

Uma maneira diferente, saudável, ecologicamente correta e bonita de curtir Londres

Se você corre, aconselho trazer os seus tênis e roupas de correr (talvez uma opção de roupa mais quentinha dependendo da época do ano) e mesmo que não seja para participar de uma corrida oficial, vale a pena ganhar as ruas quando o solzinho sair para ver a cidade de um ponto de vista diferente, curtir seus parques e áreas verdes como um local e depois relaxar com um merecido pint comemorativo em um pub!

Eu tenho feito vários treinos em lugares lindos, alguns deles já recomendados pelos Segredos de Londres como o Regent’s Canal e o Hyde Park beirando o Serpentine Lido.

Veja algumas fotos que tirei nos meus últimos treinos:

Regent's Park

Fui correndo até o piscinão de Hampstead Heath

Rio Tâmisa e Tower Bridge

Treinando na beira do rio Tâmisa, com a Tower Bridge ao fundo

Camden Town

Correndo e tentando escapar da muvuca em Camden Town

Hyde Park

Pôr do sol em Primrose Hill

Indico aqui uma rota fácil pra curtir o Regents Park e arredores:

Opção 1: Começar em Camden Town e ir em direção a Marylebone – terminar na estação Great Portland Street e ir para algum pub legal ali na área para tomar seu merecido pint

Opção 2: começar em Great Portland Street e cruzar o parque em direção a Camden Town – terminar no Mercado de Camden para comer nas barraquinhas e/ou ir até Primrose Hill ver Londres do alto

Mapa treino

O dia D está chegando e não vejo a hora de curtir um dos circuitos de rua mais lindos do mundo, na cidade que me adotou e pela qual sinto um amor enorme, e em prol de uma causa tão bonita e tão importante que é a pesquisa e o apoio a pessoas com cânceres de sangue como leucemia e linfoma.

Desejem-me sorte!!! 🙂

Veja o primeiro post da série sobre a maratona de Londres

Visite minha pagina de arrecadação para ajudar a Anthony Nolan

Você também vai gostar de ler estes posts:



About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'Tudo sobre a maratona de Londres (parte 2)' have 6 comments

  1. 14/09/2015 @ 6:39 am Valeria

    poxaaaa e o relato final? como foiiii? curiosa!

    Reply

    • 14/09/2015 @ 2:53 pm Deb

      Oi, Valeria!
      A Cristine acabou a prova! Maior orgulho! Vou pedir para ela concluir o relato 🙂

      Reply

    • 21/09/2017 @ 2:06 pm Cristine Olofsson

      Oi Valeria, consegui terminar sim querida!!! Ate hoje nao sei bem como mas fiz a prova em 5:51:51 (parece propaganda da cachaca mas eh verdade!). Beijos e valeu pela torcida querida!

      Reply

  2. 07/08/2017 @ 2:41 pm Mari Melo

    Olá, fiquei curiosa para saber sobre a prova. Mto massa sua atitude de encarar esse desafio por um motivo nobre. Sonho em correr essa maratona. Há anos me inscrevo para o sorteio mas infelizmente ainda não consegui. Gostaria muito de poder doar também mas pelo que entendi é muito caro. Através do seu blog eu fiz uma inscrição no site Anthony Nolan, vou aguardar! Confesso que não entendi direito como funciona, mesmo assim arisquei. Simbora! Parabéns, esperando o relato do final feliz!

    Reply

    • 11/08/2017 @ 9:13 pm Deb

      Oi Mari
      A Tininha contou o desfecho mede post: http://www.segredosdelondres.com.br/maratona-de-londres-parte-2/
      O Anthony Nolan é uma base de dados de potenciais doadores de medula. Se encontrarem um receptor compatível eles entram em contato com você. Você mora na Inglaterra?

      Reply

    • 21/09/2017 @ 2:04 pm Cristine Olofsson

      Oi Mari Melo, obrigada pelos elogios. Com certeza foi um dia MUITO especial e todo o esforco valeu mesmo a pena. Voce esta no caminho certo de tentar o sorteio, caso nao consiga, pode tentar atraves de uma ONG como a Anthony Nolan mas existe nesse caso o compromisso de arrecadar um valor minimo que nao eh baixo (na minha epoca foram 1850 libras – eu acabei conseguindo mais de 3 mil, o que foi maravilhoso!). Confesso que fiquei tensa em relacao a concluir a prova e tambem em arrecadar o dinheiro e promover o trabalho da Anthony Nolan… o que torna essa jornada ainda mais bacana. Boa sorte pra voce!

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011