O que fazer no Soho/Chinatown

Um brechó com pedigree

Lily Allen ganhou fama na Inglaterra e no mundo pelos idos de 2005 como um dos mais promissores talentos da música pop. Passados uns anos, casou, mudou e cansou da vida de pop star. Resolveu que queria ser uma pessoa normal outra vez, uma mãe como qualquer outra. E para não ficar sem fazer nada (com a grana que ganhou como artista já não precisaria voltar a trabalhar) abriu em 2010, com a irmã, o brechó chique Lucy in Disguise, provavelmente num trocadilho com o título da música “Lucy

Guia de compras em Londres parte 2 – Oxford Street

Demorou mas saiu! Nossa consultora de moda Lili Teixeira volta para nos contar mais segredos fashion de compras em Londres, dessa vez dando as melhores dicas de Oxford Street. Abre aspas: Guia de compras em Londres – Oxford Street   “Oxford Street é a rainha das high streets (como são chamadas as ruas comerciais da Inglaterra, todo bairro tem a sua). É uma das ruas mais famosas de compras em Londres, e onde se concentram as chamadas lojas fast-fashion (moda barata e descartável,

Yauatcha: o irmão mais novo do Hakkasan

Todo viajante minimamente antenado já ouviu falar do Hakkasan, o primeiro restaurante chinês a ganhar uma estrela Michelin. O que muita gente não sabe é que o dono do Hakkasan, Alan Yau, está por trás de grande parte dos restaurantes asiáticos de Londres, cada um com seu perfil (e público alvo). São parte do seu portfólio o onipresente Wagamama, o badalado Busaba Eathai (um dos primeiros que recomendei aqui no blog) e o econômico Cha Cha Moon. Alguns anos depois de abrir o Hakkasan,

Achei um restaurante a quilo em Londres!

Há muito tempo me perguntava por que o nosso querido modelo de restaurante a quilo não bombou em outros países. É tão prático! Pois hoje tive uma grata surpresa ao entrar na filial de Piccadily Circus do Whole Foods, rede americana de comida saudável e orgânica que faz o maior sucesso por aqui. Além dos balcões de comida pronta (que têm de tudo: sushi, pizza, saladas incrementadas, comida mexicana, hot dogs…), tem dois balcões de comida a quilo com ótima variedade e preços bem

La Bodega Negra: o restaurante mexicano do momento

La Bodega Negra abriu este ano e já foi finalista em duas categorias do prêmio anual aos melhores restaurantes da revista Time Out: melhor restaurante latino e melhor design. La Bodega se divide em dois espacos: o “café”, no térreo, e o restaurante no subsolo. O ambiente no café é descolado, as paredes estão cobertas de cartazes com referências mexicanas, e o subsolo tem uma decoração super caprichada em estilo falso-decadente. O térreo também funciona como bar e é o ponto de encontro

Leonardo da Vinci em exposição na National Gallery

Mal começou, a exposição histórica de meu ídolo Leonardo da Vinci em Londres já teve os ingressos antecipados esgotados. A exposição é uma oportunidade única de ver tantas obras importantes do mestre sob um mesmo teto (aviso: a Mona Lisa ficou lá no Louvre em Paris). Nem tudo está perdido: todos os dias 500 ingressos são postos à venda quando o museu abre às 10h (não há ou haverá mais venda de ingressos online). O segurança me informou que as filas começam a se formar por volta

O restaurante mais cool de Chinatown

Imagine a cena, que provavelmente vai acontecer: você esta andando há horas pelo centro de Londres, já passa da uma da tarde e você esta ali por Trafalgar Square, Covent Garden, Piccadilly. A fome vai apertando e você acaba se embrenhando por Chinatown, mas os patos pendurados na porta dos restaurantes não te inspiram nada. Não se desespere! Aqui está a solução para o seu problema: Leong’s Legend. Para começar, não é um restaurante chinês, mas taiuanês (do Taiwan), o que faz toda

O restaurante mais high-tech de Londres

O Inamo é uma experiência gastronômica única. É um daqueles restaurantes que só poderia estar em Londres (ou no máximo em Nova Iorque ou Berlim). Cada mesa é como o desktop de um computador, que o cliente comanda com um mouse virtual. O menu é projetado no “desktop” de cada comensal e os pratos e bebidas são pedidos por cliques nas opções desejadas. O garçom só aparece para trazer o pedido e a conta. Ah! Também da para escolher a estampa da “toalha” da mesa! A comida é “pan-asiática-fusion”

Os melhores clubes de jazz de Londres

Os amantes do jazz estão extremamente bem servidos aqui em Londres. Para mim a melhor pedida seja pela qualidade da música ou pela experiência é o Club 606 em Chelsea. O acesso não é dos mais fáceis, pois o 606 não é perto de nenhum metrô. Mas com um pouco de planejamento é perfeitamente possível chegar lá. O Club 606 fica no porão de um armazém numa ruazinha escura perto do rio Tâmisa. Para entrar, deve-se tocar o interfone e descer um lance de escadas. Lá embaixo, as paredes

Da série ‘So em Londres’: festa wireless

Estou alguns dias sem computador e este é meu primeiro post do celular. Espero que funcione. Nao sei se tem algum leitor procurando o que fazer em Londres este fim de semana de feriado, mas esse programa é tao genial que achei por bem registrar: uma festa ao ar livre em pleno Soho, onde cada um sintoniza seu ‘smartphone’ no site com o som da festa, via wifi gratis, e sai dançando! So em Londres mesmo! Assim a festa pode rolar até altas oras que nenhum vizinho vai reclamar 🙂 e deve ser engraçado

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011