Regent’s Canal a pé: um passeio especial

Na primeira vez que fui ao Regent’s Canal não acreditei no que meus olhos viam: “Uau! Não parece que estou em Londres!” não parava de ecoar na minha cabeça. Parecia que eu tinha me teletransportado para bem longe do caos da metrópole. De repente estava em um lugar tranquilo, cheio de verde. Desde então, esse lugar se transformou no meu passeio preferido na cidade,  e aqui te conto o porquê.

O Regent’s Canal é uma extensão do rio Tâmisa que foi construída em 1812 para incentivar o comércio no norte da cidade. Começa em Limehouse, no leste de Londres, e termina desembocando em uma rede de outros canais que dão no mesmo rio Tâmisa, mas perto de Richmond, no oeste da cidade.

A parte mais especial, na minha opinião, fica entre Camden Town e Little Venice. São 3,7 km que, segundo o Google Maps, podem ser atravessados em apenas 46 minutos a pé. Mas eu reservaria umas 2 ou 3 horas, no mínimo, para explorar com calma cada pedacinho desse caminho.

Quando ir:

O Regent’s Canal é um ótimo programa em qualquer época do ano, com frio ou calor. Basta apenas que o dia esteja bonito. Se o tempo estiver feio ou ameaçando chover, deixe para passear por lá em um outro dia.

O passeio:

Dá para começar o passeio pelos dois lados, mas acho mais divertido começar no burburinho de Camden Town e ir entrando aos poucos no clima tranquilo do canal.

No mercado de Camden Lock, ache a passagem que dá acesso ao canal (perto do bar Lockside Lounge) ou atravesse a ponte em frente ao Hi Sushi (que, aliás, é um dos pontos mais fotogênicos de Camden) e siga andando para a direita de quem olha a água, pela estradinha de paralelepípedos.

Regents Canal, Londres, visto do mercado de Camden Lock

Começo do passeio: Regent’s Canal no mercado de Camden Lock

A primeira atração do caminho, depois de alguns minutos de caminhada, são as casas de Primrose Hill e seus lindos jardins. Algumas têm até ancoradouros e barcos particulares.

Um pouco mais adiante está a saída para o bairro de Primrose Hill. Se estiver com tempo, suba e explore um dos bairros e parques mais bonitos da cidade. Primrose Hill, como o nome diz, é uma colina. São apenas 78 metros de inclinação, que desbravados em poucos minutos de caminhada te darão uma vista espetacular da cidade.

Vista do alto de Primrose Hill

A vista panorâmica do alto de Primrose Hill

Caminhe um pouco mais e você chegará ao restaurante chinês flutuante, uma casa vermelha com telhado em pagoda que faz um contraste lindo com a água e o verde ao redor. A bem da verdade, o local é mais bonito por fora do que por dentro. Já cheguei a entrar para dar uma olhada, mas nunca tive coragem de sentar para comer.

Vista do restaurante chinês sobre o Regents Canal, em Primrose Hill

O restaurante chinês é um dos lugares mais fotogênicos do Regent’s Canal, mas é mais bonito por fora do que por dentro!

Continue andando e… surpresa! Você estará no meio do jardim zoológico. E sem ter que pagar a entrada! O zôo de Londres fica ali em Primrose Hill e é atravessado pelo canal. Não é uma visita completa, mas dá para ver o recanto de aves gigante e, do outro lado, as jaulas das hienas.

Zoo de Londres em Primrose Hill visto do Regent's Canal

O recanto das aves no zoologico de Londres, visto do canal

Área das hienas no Zoo de Londres

As hienas do outro lado do canal

Note que não há acesso ao jardim zoológico por ali. A entrada principal do London Zoo fica no Outer Circle, no Regent’s Park. Se quiser visitá-lo, saia do canal pela saída anterior ou pegue o passeio de barco da London Waterbus Company, que inclui o ingresso para o parque e te deixa na entradinha que tem no próprio canal, um charme!

Barco da London Waterbus Company na entrada do zoológico no Regent's Canal

Barco da London Waterbus Company deixando passageiros na entrada do zoológico no Regent’s Canal

Continuando a sua jornada pelo canal você passará pelo norte do Regent’s Park. Pegue a próxima saída se quiser dar uma volta no parque. Mais alguns passos e você verá mansões impressionantes dos poucos privilegiados que moram dentro do parque, incluindo o embaixador dos EUA.

Mansao no Regent's Park

Uma das incríveis mansões do Regent’s Park, vistas do canal

Mansão no Regent's Park

Uma outra espetacular mansão do parque

Barco passando por uma das mansões do Regent's Canal

Barquinho (narrowboat) do Regent’s Canal passando por uma das mansões

Mais adiante, está a mesquita central de Londres, dá para ver o minarete com sua meia lua característica por trás das mansões.

Mansões do Regent's Park vistas do Regent's Canal

Achou o minarete por trás das mansões?

Eu curto também o estilo dos prédios do outro lado da rua, em tijolinhos aparentes. São casas mais modestas, se comparadas com as mansões, mas não seria nada mal morar em um desses apartamentos enormes, com vista para o Regent’s Park!

Prédios perto do Regent's Canal

Os prédios de tijolinhos em frente ao Regent’s Park

Regent's Canal visto do alto

Meu amado Regent’s Canal visto do alto

Regent's Canal no inverno

Regent’s Canal no inverno: um visual diferente

A partir daí começa uma parte meio sem graça, mas continue com fé e você chegará a um lugar para lá de inusitado: um ancoradouro de barcos-casa. Todos os barcos ancorados ali são habitados e muitos nunca saem de lá. O cais acaba virando uma extensão de casa, com jardins, salas de estar e depósitos.

Ancoradouro, Regent's Canal

Vista do ancoradouro de barcos-casa no Regent’s Canal

Barcos ancorados no Regent's Canal

Barcos-casa no ancoradouro do canal

Barcos-casa no Regent's Canal em Londres

Barcos-casa ancorados

Jardim no cais de barcos-casa no Regent's Canal

Jardim no cais, provavelmente de um dos barcos-casa

Daqui a pouco a passagem de pedestres vai sumir e o canal fica subterrâneo por alguns metros. Suba pela escadinha e ande umas duas quadras até a esquina de Maida Vale e Blomfield Road, onde o canal reaparece cheio de barquinhos, e com ele um café que eu adoro, o Laville. Já escrevi sobre ele aqui.

Faça aqui a sua merecida pausa para um café com croissant quentinho. Se estiver com pique, continue beirando o canal por uns minutos e voilà! Você terá chegado a Little Venice.

Caminho para Little Venice

Chegando a Little Venice pelo canal

Vista de Little Venice

Sorria, você está em Little Venice!

Tarde de verão com pessoas curtindo Little Venice

Galera curtindo Little Venice em uma tarde de verão

Little Venice, Londres

Outro ângulo de Little Venice

Ali a boa é relaxar com o visual e dar uma voltinha no belo jardim Rembrandt Gardens.

Rembrandt Gardens, Little Venice

Rembrandt Gardens em Little Venice

Rembrandt Gardens, Little Venice

Flores em Rembrandt Gardens na primavera

Continue caminhando pelo canal até a estação de Paddington, onde você pode pegar o metrô e continuar curtindo seu dia em outra parte da cidade. Ou dar uma esticada até o belo bairro de Maida Vale, mas isso já fica para um outro post 😉

Como chegar:

Mercado de Camden Lock – metrô Camden Town

Little Venice: metrô Paddington ou Warwick Avenue

Veja o trajeto no mapa:



About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'Regent’s Canal a pé: um passeio especial' have 20 comments

  1. 17/02/2014 @ 11:11 am Johnnie Lustoza

    Excelente post. É um passeio para se fazer quando se tem tempo em Londres. Irei aproveitar as dicas para conhecer pelo menos alguns pontos. Parabéns pelo post.

    Reply

  2. 17/02/2014 @ 3:00 pm Priscila Escuissato

    Concordo plenamente que o passeio pelo Regent’s Canal é uma delícia. Só que a diferença é que eu sempre fiz a caminhada em sentido leste: partindo do Regent’s Park até o Victoria Park. Pedalar pelo canal também é uma delícia, mas requer um pouco de habilidade e paciência em dias de maior movimento.
    Vou testar esse seu roteiro na próxima oportunidade. 😉

    Reply

    • 18/02/2014 @ 11:18 pm Deb

      Oi Priscila,
      Você acertou em cheio a minha maneira preferida de curtir o canal: de bicicleta! O próximo post será sobre meios de transporte para passear por lá e adivinha quem terá destaque!
      Já fui pedalando pelo canal até Angel. A certa altura a calçada do canal acaba e deve-se pedalar pela rua por uns 5 minutos, acho um pouco complicado. Mas da próxima vou até Victoria Park!
      Abraço,
      Deb

      Reply

  3. 18/02/2014 @ 5:58 am Denise

    Tive a honra de ter um tour particular com a blogueira e realmente fiquei encantada. É um pecado sair de Londres sem ter feito esse passeio.

    Reply

    • 18/02/2014 @ 11:19 pm Deb

      é meu passeio padrão! Adoro! 🙂 🙂

      Reply

  4. 20/02/2014 @ 2:45 pm Boia Paulista

    Oi, Deb. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

    Reply

    • 20/02/2014 @ 8:49 pm Deb

      Que legal, Natalie! Este post realmente foi feito com muito carinho, é muito bom vê-lo reconhecido.

      Abraço,
      Deb

      Reply

  5. 25/02/2014 @ 4:33 pm Dicas de Londres: o passeio mais bonito - Segredos de Londres

    […] ← Regent’s Canal a pé: um passeio especial […]

    Reply

    • 19/03/2015 @ 12:47 pm marcelo

      Fiz este passeio de barco, saindo de Maida Vale e realmente é sensacional!
      Pena que pouca gente conhece, pois está fora do circuito turístico de massa.

      Reply

      • 20/03/2015 @ 2:43 am Deb

        É sensacional mesmo!!! Que bom saber que você curtiu!

        Reply

  6. 25/02/2014 @ 8:16 pm Destaques da Semana 59: Jericoacoara e Fortaleza, Londres, Buenos Aires, Montevidéu e Maldivas | RBBV – Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

    […] de Londres, por Deb W.: Regent’s Canal a pé: um passeio especial. O Regent’s Canal é um lugar único em Londres. Um canal cheio de verde e surpresas […]

    Reply

  7. 10/04/2014 @ 2:26 pm Tudo sobre a maratona de Londres (parte 2) - Segredos de Londres

    […] vários treinos em lugares lindos, alguns deles já recomendados pelos Segredos de Londres como o Regent’s Canal e o Hyde Park beirando o Serpentine […]

    Reply

  8. 16/10/2014 @ 1:03 pm Augusto Souza

    Olá! Parabéns pelo site. Estou chegando em Londres na próxima semana e gostei muito desse passeio. Como eu quero conhecer a Abbey Road, vi que posso juntar esses dois passeios em um só, né? Se tiver alguma dica de como unir melhor esses dois passeios, fala aí! =D Obrigado!

    Reply

    • 19/10/2014 @ 10:05 pm Deb

      Oi Augusto, um é bem perto do outro. Para não se perder, volte da Abbey Road à St John’s Wood high street e desça-a até o Regent’s Park. Atravesse a Prince Albert road e caminhe para o lado esquerdo até a primeira ponte sobre o canal, ali está a descida.
      Curte bastante, depois conta aqui o que achou!

      Reply

  9. 19/06/2015 @ 5:46 pm Hotel em Londres: fugindo do óbvio - Segredos de Londres

    […] Primrose Hill, um bairro charmosíssimo e um dos meus preferidos está a poucos minutos a pé. […]

    Reply

  10. 01/07/2015 @ 1:18 pm Segredos para curtir (e resistir) o calor em Londres - Segredos de Londres

    […] Meu passeio preferido em Londres, perfeito para dias de sol e calor […]

    Reply

  11. 26/08/2015 @ 5:51 pm O que fazer em Londres - Segredos de Londres

    […] que seus vários mercados. É um bairro de pubs históricos e tradição musical, e onde está o Regent’s Canal, um dos passeios mais lindos e não convencionais de Londres, na minha […]

    Reply

  12. 30/05/2016 @ 4:54 pm Fernanda

    Deb, você sabe me dizer se esse passeio feito de barco é pago?
    Obrigada.

    Reply

    • 06/06/2016 @ 1:34 pm Deb

      Oi Fernanda, é pago sim, mas para mim vale cada centavo 🙂

      Reply


Would you like reply to Priscila Escuissato

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011