O maior e o menor pubs de Londres

Dentre os tantos excelentes pubs em Londres, aqui vão dois que merecem a visita por conta de seu tamanho: senhoras e senhores, apresento o maior e o menor pubs de Londres!

Porterhouse, o grande, ocupa parte de um prédio e sua área subterrânea em Covent Garden. É um grande labirinto, com salas e mais salas ligadas por escadas e pequenos corredores. O Porterhouse é parte de uma pequena rede irlandesa que faz a sua própria cerveja, incluindo as típicas ale e stout, além de vender cervejas importadas. A localização central atrai tanto turistas quanto quem trabalha na área, mas não precisa se preocupar: tem lugar para todo mundo 😉

Foto: Deb

A fachada ao ar livre é concorrida no verão

20130723-225841.jpg

Um dos salões do Porterhouse

Foto: Deb

Outra das muitas salas

Já o The Dove, o pequeno, você não passaria na frente por acaso, a menos que esteja por Hammersmith, um bairro mais afastado do centro, mas com uma das mais bonitas vistas do rio Tâmisa. Reduto de clubes de remo, a margem norte do rio abriga vários pubs legais, entre eles essa fofura que vem entretendo os locais desde o século XVII. Escondida numa pequena via de pedestres, a casinha mínima abriga um micro bar que está registrado no livro Guinness como o menor do mundo. Porém a estrela para mim é o deck externo sobre o rio, perfeito para ver a vida e os barquinhos passarem nesses dias de verão.

Entrada do The Dove

Vista interna para a varanda

Pub-Londres-The-Dove

Deck externo | Foto: divulgação

Dentre os tantos excelentes pubs em Londres, aqui vão dois que merecem a visita por conta de seu tamanho: senhoras e senhores, apresento o maior e o menor pubs de Londres! Porterhouse, o grande, ocupa parte de um prédio e sua área subterrânea em Covent Garden. É um grande labirinto,…

Avalie este post!

User Rating: 4.9 ( 1 votes)
0


About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'O maior e o menor pubs de Londres' have 2 comments

  1. 25/07/2013 @ 12:10 am Silvia

    Realmente uma graça (o pequeno). merece uma visita até de abstêmios!

    Reply

  2. 06/08/2019 @ 2:52 pm Pedro da Silva

    Depois que conheci Londres, compreendi por que K. Marx lá viveu até morrer.

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011