O único hotel em que me hospedei em Londres (e recomendo)

Eu nunca tinha me hospedado em um hotel em Londres, até o dia em que recebi mais visitas do que a minha casa podia comportar. O jeito foi mandar todos para um hotel, e eu fui junto! Ficamos no hotel Hilton Green Park, cujo ponto forte é sua localização, simplesmente incrível.

 

Por que se hospedar lá

 

Sem sombra de dúvida, a localização é o principal ponto a favor do Hilton Green Park. O hotel está no coração de Mayfair, um dos bairros mais elegantes e tradicionais de Londres, e a poucos minutos a pé de alguns dos lugares mais classudos da cidade. Lojas como Dover Street, Conduit Street, New Bond Street e Piccadilly, com lojas como Dover Street Market, Stella McCartney, Temperley, Maison Margiella e a delicatessen mais antiga e elegante do mundo: Fortnum&Mason.

Restaurantes estrelados como Nobu, Novikov, Hix e Alain Ducasse estão a algumas quadras dali. E a apenas meia quadra está o Green Park, parque adjacente ao Palácio de Buckingham. Ou seja, por alguns dias eu fui vizinha da rainha Elizabeth II! De lá você pode ir a pé assistir a troca da guarda, ao Hyde Park, a Piccadilly Circus e ao Soho. Para quem curte arte, o hotel está pertinho da Royal Academy of Arts e de Cork Street, a rua das galerias de arte em Mayfair.

Para rodar a cidade, basta andar poucos minutos até o metrô Green Park ou pegar um ônibus em Piccadilly.

Hilton London Green Park hotel - Hotel Exterior

Essas árvores são do Green Park | Foto: divulgação

Por ser pequeno, eu me senti praticamente em um hotel boutique. Os recepcionistas me chamavam pelo nome e eram sempre muito atenciosos. Deixaram, inclusive, chocolates e vinho em nosso quarto quando souberam que um de nós estava comemorando seu aniversário.

Tentando ficar light no café da manha

Tentando ficar light no café da manha

O café da manhã é bem farto, praticamente um brunch, com todos os ingredientes do tradicional full English breakfast: ovos, salsichas, batatas, tomates assados etc.

Hotel Hilton Green Park em Londres

O quarto que eu fiquei parece com este | Foto: divulgação

 

Pontos não tão fortes

 

O quarto em que fiquei era bem pequeno, o que costuma ser a regra em Londres, porém eu esperava que no Hilton as coisas fossem diferentes. A janela dava para um pátio interno e praticamente não entrava luz natural. Dica: peça um quarto com janela externa ao reservar.

O hotel fica em uma casa do século XVIII reformada, o que é super bacana mas também tem seus pontos fracos. No meu andar tinham uns 2 degraus entre o elevador e o meu quarto, que para mim não foram incômodo, mas para alguém pode ser.

 

Veredito

 

O forte do Hilton Green Park, sem dúvida é a localização. Para um hotel de luxo, deixa um pouco a desejar nas instalações, porém o serviço é super cortês e, sair do hotel andando para curtir Londres não tem preço 🙂

Nota: paguei pela hospedagem e o post reflete as minhas impressões sobre o hotel.

 

Veja outras opções de hotéis em Londres

Este blog é parceiro do Booking.com, o que significa que ganhamos uma comissão a cada reserva originada aqui. Você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda este blog a se manter vivo!

 

 


Tagged:


About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'O único hotel em que me hospedei em Londres (e recomendo)' have 2 comments

  1. 17/11/2015 @ 3:28 pm Os melhores bairros para se hospedar em Londres - Segredos de Londres

    […] em Londres, eu nunca precisei me preocupar com hospedagem na cidade (exceto essa vez), mas sempre que viajo, o ponto chave do planejamento é o lugar onde vou dormir. Como acredito […]

    Reply

  2. 22/10/2018 @ 7:24 am Os melhores bairros para se hospedar em Londres |

    […] em Londres, eu nunca precisei me preocupar com hospedagem na cidade (exceto essa vez), mas sempre que viajo, o ponto chave do planejamento é o lugar onde vou dormir. Como acredito […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011