Guia de compras em Londres parte 2 – Oxford Street

Demorou mas saiu! Nossa consultora de moda Lili Teixeira volta para nos contar mais segredos fashion de compras em Londres, dessa vez dando as melhores dicas de Oxford Street. Abre aspas:

Guia de compras em Londres – Oxford Street

 

“Oxford Street é a rainha das high streets (como são chamadas as ruas comerciais da Inglaterra, todo bairro tem a sua). É uma das ruas mais famosas de compras em Londres, e onde se concentram as chamadas lojas fast-fashion (moda barata e descartável, como os fast foods).

Nos seus pouco mais de 2Km estão nada menos que duas TopShop (uma delas sua sede super maravilhosa, perto de Oxford Circus!!), umas quatro Zara, duas Primark, umas três H&M, duas Urban Outfitters, e mais New Look, River Island, Miss Selfridge, Next, Forever 21, as espanholas Bershka, Pull & Bear (do mesmo grupo da Zara) e Mango. Enfrentar a Oxford Street em véspera de Natal é uma verdadeira maratona!!! Durante um fim de semana (em geral o ultimo de novembro) ela fecha para carros, virando uma grande rua de pedestres.

O melhor do Fast Fashion:

  • A Primark é a mais em conta das lojas fast fashion, que oferecem tendencia por precinhos super baixos. O lema é garimpar!!! Entretanto, aconselho visitá-la logo cedo pela manha, quando a loja ainda está organizada e é mais fácil achar o que se busca. Tem muita coisa trash, mas é possível achar peças legais. Pelo preço, você nem vai se importar com a qualidade. Se usar mais de três vezes já esta valendo! Legal para encontrar sapatilhas, bolsas, vestidinhos de verão, acessórios e até artigos básicos para casa.
  • A New Look segue na cola da Primark. Entretanto, seu publico é mais adolescente.
  • A H&M é otima para básicos e peças atemporais. Ótima para dar uma renovada no armário quando muda a estaçao.
  • A River Island também foca nas últimas tendencias e segue na cola da TopShop, que é a queridinha das inglesas.
  • Eu diria que a TopShop e a Zara são as mais velozes e astutas a trazer para as prateleiras, com um precinho bacana, o que se mostrou nas semanas de moda de Nova York, Londres, Milão e Paris. Ambas tem uma selecao que vai de básicos a high fashion. A TopShop introduziu as coleçoes em parceria com designers queridinhos das fashionistas, como JW Anderson e Louise Grey, alem da sua coleção mais estilizada para as marcas Unique e Boutique.
  • O grupo da Zara (Inditex) tem suas linhas mais adolescentes e populares na Bershka e Pull & Bear, e sua linha mais adulta e de ponta na Massimo Dutti. A Zara continua sendo a gigante em termos de tendencias e fast-fashion do grupo.
  • A Urban Outfitters é mais moderninha, descolada e mid-market (preços mais altos). Assim como a TopShop, investiu em colaborações com designers. Além do mais, vende um estilo de vida e sua loja atrai clientes mais interessados em peças diferenciadas. Vendem-se acessórios  livros bacaninhas (os chamados coffeetable books, para deixar em cima da mesa do café), multimarcas, assim como sua irmã Anthropology.

Além destas, há as lojas mais especializadas em roupas de ocasião (vestidos de festa) como a Oasis, Coast, Moonson e a queridinha de Kate Middleton, Whistles. Aqui é difícil encontrar vestido longo. As inglesas se vestem bem diferente das brasileiras. No dia a dia, usam e abusam de fast fashion, ou designers, para dar outra cara ao visual, usando e abusando de camadas, sobreposições e acessórios, seja no mix de estampas ou preto total.

Para ocasiões formais, como casamentos, são mais a favor de vestidos comportados (e não longos!). Os longos são reservados a Red Carpets ou Balls (bailes). Para estes eventos, não tem mesmo como fugir: a melhor opção são os designers vendidos nas lojas de departamentos ou ruas como Bond Street, Mount Street e Sloane Street, ou encomendar um de alta costura a um dos grandes designers (Giambatista Valli, Westwood, Dior, Givenchy, McQueen), no caso de balls. Vale a pena visitar lojas vintages ou de segunda mão. Outra boa pedida seriam lojas que atendem ao publico árabe e indiano, que como no Brasil, tem costume de usar longo para muitas ocasiões. Cada vez mais lojas de departamento e high-end na Bond Street atendem a essa demanda internacional.

Eventos no calendário das inglesas incluem as corridas de cavalos, entre elas a famosa Ascot. As festas e casamentos normalmente são diurnos, e exigem vestidos comportados mas não necessariamente careta, acompanhados de chapéu ou fascinator (enfeite de cabeça). À noite vale um cocktail dress (curto) e saltos altíssimos. No geral, para baladas, as inglesas apostam no sexy: quanto mais curto e justo melhor. Tudo, claro, dependendo de que tribo você pertence.

O dia oficial das promoções em Londres é o 26 de Dezembro (o feriado de Boxing Day), quando começam as liquidações pós-natal, e para as lojas que não abrem nesse feriado, o dia 27. Para fazer compras no centro num desses dias, sugiro usar uma armadura para se proteger da manada de gente em busca de barganhas! Na verdade, muitas lojas antecipam sua promoção para o dia 23 ou 24, mas não anunciam ate o dia 26 ou 27.”

Valeu, Lili! Ótimas dicas! Daqui a pouco tem mais 🙂

Veja a parte 1 do Guia de Compras em Londres



About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'Guia de compras em Londres parte 2 – Oxford Street' have 6 comments

  1. 02/06/2013 @ 3:28 pm Silvia

    Amei! As informacoes sao fundamentais para qualquer shopper.

    Reply

  2. 26/06/2013 @ 11:43 am Maristela Leonette schiavon

    Oi Débora! Cd vez melhor o blog!
    Queria saber se vc envia produto de Londres p/o Brasil pelo correio caso alguém precise de algo? No caso eu rsrs Se for o caso, faço deposito antes… É q qdo estive aí (começo junho) o tempo foi curto e corrido, não deu p/ procurar e agora vi num site um produto de inverno. Sou de Campinas-SP
    poderíamos falar por e-mail tb?
    Obs. Os dias q fiquei em Londres estavam lindamente ensolarados!!!
    Bjs

    Reply

    • 28/06/2013 @ 10:45 am Deb

      Oi Maristela,
      Infelizmente não presto este serviço, e não conheço quem o faça. O site que você viu não faz entregas no Brasil?
      Que bom que você aproveitou!
      beijos,
      Deb

      Reply

  3. 07/07/2013 @ 1:41 pm » Farra dominical na Regent Street em julho Segredos de Londres

    […] posts anteriores sobre lojas bacanas em Regent Street aqui e aqui, e um servico para facilitar a vida do […]

    Reply

  4. 26/08/2015 @ 6:04 pm O que fazer em Londres - Segredos de Londres

    […] mas ainda assim é possível encontrar boas barganhas em Londres, principalmente nas lojas fast fashion. E mesmo que você não pretenda comprar nada, as lojas são uma grande fonte de inspiração, das […]

    Reply

  5. 29/09/2015 @ 8:09 pm Guia de compras em Londres - parte 1: As lojas de departamentos - Segredos de Londres

    […] A Liberty e a Sefridges estão localizadas nas imediações da Oxford Street, que é uma das ruas mais populares de Londres, sobre a qual falarei no meu próximo post. […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011