Yauatcha: o irmão mais novo do Hakkasan

Todo viajante minimamente antenado já ouviu falar do Hakkasan, o primeiro restaurante chinês a ganhar uma estrela Michelin.
O que muita gente não sabe é que o dono do Hakkasan, Alan Yau, está por trás de grande parte dos restaurantes asiáticos de Londres, cada um com seu perfil (e público alvo). São parte do seu portfólio o onipresente Wagamama, o badalado Busaba Eathai (um dos primeiros que recomendei aqui no blog) e o econômico Cha Cha Moon.
Alguns anos depois de abrir o Hakkasan, Yau criou o Yauatcha, restaurante também chinês mas especializado em dim sum, as trouxinhas recheadas típicas da região chinesa de Cantão (onde são servidas no café da manhã (!)) e que são super queridas por aqui. O Yauatcha logo ganhou sua estrela Michelin, que mantém até hoje.
O restaurante tem dois ambientes. O térreo é mais convencional, enquanto o sub-solo é para ver e ser visto, com um ambiente mais modernoso, escurinho, com música mais alta e animada.

20130509-211542.jpg
Tive a sorte de ir com um querido casal amigo, e não só pela excelente companhia. 3 é o número perfeito de comensais para uma refeição de dim sum. É que a maior parte dos pratos é servida com 3 peças. Assim todo mundo prova tudo sem brigar 🙂
Os carros chefes são o Venison Puff (espécie de pãozinho recheado com cervo), as pernas de caranguejo mole, que vem soterrado na “areia” (uma mistura picante de alho frito, amêndoas, folhas de curry, especiarias e chilli) e as trouxinhas com misturas inventivas, como camarão com abobrinha e lagosta com ovas.
Pedimos varios desses mini-pratos um prato de noodles para dividir.

20130509-214606.jpg

20130509-214620.jpg

20130509-214640.jpg

20130509-214713.jpg
As sobremesas são a parte menos tradicional da experiência. Parecem saídas da melhor patisserie parisiense.
20130509-214727.jpg

20130509-214738.jpg
Tudo que provamos foi aprovado, alguns sabores mais originais que outros mas a experiência é definitivamente válida. E mais em conta que no irmão mais velho. Com cervejas e serviço, a conta deu £40 por pessoa.
Há também a opção de menu degustação (a £40 e £50), que fica mais em conta no almoço (£28,80 com chá incluído).
Yauatcha – 15-17 Broadwick Street, Soho. Metrô Oxford Circus, Tottenham Court Road ou Piccadilly Circus



About

Multiplicando o amor por Londres desde 2011


'Yauatcha: o irmão mais novo do Hakkasan' have 2 comments

  1. 12/05/2013 @ 2:53 pm Silvia

    Interessante! Mais fácil e melhor q procurar um restaurante bom na China!

    Reply

  2. 02/09/2015 @ 9:52 pm Um restaurante tailandês bom, bonito e barato (e sempre perto de você) - Segredos de Londres

    […] seus são o Cha Cha Moon (outro restaurante BBB que terá seu post em breve), o dim sum chique Yauatcha e o onipresente Wagamama (23 filiais no centro de Londres!), que eu não gosto muito mas quebra […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.

Segredos de Londres: multiplicando o amor por Londres desde 2011